NOTÍCIAS

Floresta plantada de eucalipto gera rentabilidade de forma sustentável

Produtos renováveis são a tendência dos próximos anos. Conhecida como economia verde, esses produtos são originados no setor de florestas plantadas e estão ganhando espaço na indústria e no dia a dia das pessoas. A madeira do eucalipto, por exemplo, é matéria-prima para produção de celulose, que é usada na produção de diversos produtos como papéis, embalagens, e outras infinidade de aplicações tais como indústria têxtil (viscose), alimentícia, farmacêutica e cosméticos.

No Brasil, segundo a Indústria Brasileira de Árvores – Ibá, 7,83 milhões de hectares de árvores plantadas beneficiaram cerca de 25 mil pessoas envolvidas nos projetos de fomento e parcerias florestais. No estado de São Paulo, está aberta oportunidade de parceria por meio do ingresso de novos produtores no Programa Cultive Eucalipto.

Na região sudeste do Estado de SP, o plantio de florestas de eucalipto vem se mostrando cada vez mais como um excelente negócio. “A cultura do eucalipto envolve toda a cadeia de operações florestais, desde o plantio até a fabricação do produto final. Floresta plantada de eucalipto alia tecnologia e inovação para obter alta produtividade no campo. O Brasil produz o maior volume de madeira por área do mundo.” explica Mauro Quirino.

Negócio rentável

O setor de árvores plantadas é um dos principais segmentos da economia brasileira. Em 2018 foram gerados 3,8 milhões de postos de trabalhos diretos, indiretos e resultantes do efeito renda da atividade de base florestal. Ainda de acordo com dados do Ibá, o setor brasileiro de árvores plantadas apresentou crescimento de 13,1% em 2018 com relação ao ano anterior. O setor representa 6,9% do PIB Industrial do Brasil. A cada dia, as pesquisas ampliam o número de produtos que têm como origem as florestas plantadas de eucalipto. É a floresta plantada gerando valor, emprego, movimentando a economia, contribuindo com o meio ambiente, proporcionando bem-estar e cultura às comunidades.